quinta-feira, 3 de junho de 2010

EM BUSCA DE MIM Autoria: Marília Pessoa Vassilíades em 27/06/06 Eu penso na minha infância Que a tanto tempo se foi Mas deixou em mim uma ânsia De viver, viver e viver. Viver para ver o sol Fazendo sombra nas árvores Para sentir o cheiro da chuva E da maresia dos mares. Sentir a maciez da areia, A aspereza da terra, O vento massageando a pele E o calor do sol que incendeia. Ouvir o canto dos pássaros, Pertinho, na minha janela, E o Quero-Quero assanhado Gritando com toda a goela. A minha infância tem cheiro. Cheiro bom de palmeira Bem no meio do canteiro, Bem perto da areia Eu sou assim, Feita de sensações, Que brincam dentro de mim E me enchem de emoções.